terça-feira, 31 de agosto de 2010

Vai trocar uma Lâmpada?

Quantos calvinistas são necessários para trocar uma lâmpada?
  R: Nenhum.  Deus predestinou quanto tempo elas ficarão acesas.

Quantos  liberais são necessários para trocar uma lâmpada?
  R: 10, pois necessitam  realizar um debate sobre se  a lâmpada existe ou não.  Mesmo se eles  chegarem a um acordo sobre a existência da lâmpada, eles não podem ir adiante e trocá-la,pois tem medo de alienar aqueles que não usam lâmpadas.

Quantos católicos são necessários  para trocar uma lâmpada?
R1: Nenhum.  Eles sempre usam velas em seu lugar.
R2: Dois, um para trocar e um padre para ouvi-lo confessar e dar à lâmpada velha os últimos ritos. 





  
Quantos ateus são necessários para trocar uma lâmpada?
R1: Nenhum.  Os ateus não acreditam em lâmpadas.
R2: UM, Mas eles ainda estão na escuridão.

Quantos pentecostais  são necessários para trocar uma lâmpada?
 R: 10, um para troca--la e outros 9 pentecostais para orarem contra o espírito das trevas.

Quantos evangelistas da TV são precisos para trocar uma lâmpada?
R: Um, Mas para a mensagem de esperança continuar a ir adiante, envie sua doação hoje.

Quantos episcopais (Anglicanos) são necessários para trocar uma lâmpada?
R: 10, Um para realmente mudar a lâmpada e nove para dizerem o quanto gostavam da velha.





COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Dez razões para entrar para o Coro da Igreja

10.  Você esta com poucas  roupas limpas e as vestes do coro economizam na lavanderia.

9. Você acaba de ser selecionado para um Juri em um julgamento, e quer se acostumar a sentar-se com um grupo de pessoas.

8. Sua igreja está tão cheia que você quer  ter a certeza de que você sempre terá um lugar.

7. A sacola de coleta nunca é passada para o coro.


6.  Há um relógio na parte de trás do santuário e você pretende ser o primeiro a saber quando o culto termina.

5.O pregador é novo e você quer estar por perto, caso ele diga algo herético.

4.  Durante anos, você quis saber quem se senta nos bancos atrás de você, mas sempre tinha medo de se virar.

3.Você é conhecido por cochilar durante o culto e não quer que o pregador veja você.

2. As cadeiras do coro são as mais confortáveis no santuário.

1. Seu filme favorito é "Mudança de Hábito"!

Grant MacDonald

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Organização Cristã, presidida por Franklin Graham ,leva comida e ajuda para Coréia do Norte.

Samaritan Purse é uma organização de ajuda humanitária, e é presidida pelo evangelista Franklin Graham. Um Boeing 747 levou  90 toneladas de ajuda, e suprimentos médicos dos Estados Unidos para a Coreia do Norte em resposta à inundação ,devido á chuvas.
 O avião tem médicos a bordo, sistemas de filtragem de água e materiais para abrigos temporários, cobertores e ferramentas manuais.
Graham, que viajou três vezes para o país raramente visitado por americanos, tem uma longa história na Córeia do Norte, que remonta a 1934, quando sua mãe, Ruth Bell Graham, frequentou uma escola missionária em Pyongyang.  Seu pai, o famoso pregador Billy Graham, visitou em 1992 e 1994,e teve um encontro com o presidente Kim Il Sung. Desde 1997, a Samaritan's Purse forneceu US $ 12 milhões em ajuda de emergência para o povo da Coreia do Norte. A resposta da organização tem-se centrado principalmente na assistência médica e odontológica, incluindo os cuidados de tuberculose, reformado várias salas de operações e equipando vários centros de assistência médica e odontológica.
Fonte:Christianpost.com

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Novo templo da Lagoinha terá capacidade para 30 mil pessoas.

Pastor Márcio Valadão, falando sobre o templo, disse que será construido próximo ao atual templo da lagoinha.
Terá capacidade para 30 mil pessoas. O Alvo da Lagoinha e ter 10 por cento de Belo Horizonte congregando na Igreja até 31 de dezembro deste ano. (Cerca de 250 mil pessoas).
Os núcleos da Igreja que existem em BH não terão mais cultos. As celebrações acontecerão somente na sede da Igreja. Os núcleos servirão apenas como apoio às células, e para treinamento de lideres de células.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 21 de agosto de 2010

Franklin Graham, sem medo de dizer o que pensa!!

A Revista TIME, devido à grande polêmica sobre a construção de uma mesquita perto do local onde estava o World Trade Center, entrevistou alguns lideres religiosos, para saber o que eles pensam. Pois bem, a maioria disse que não tinha problema, que os EUA tem uma liberdade de religião, e bla,bla,bla. Talvez querendo ser politicamente corretos, pra não "irritar os muçulmanos. O unico entrevistado que resolveu ser do contra, e falar algumas verdades foi o Pastor Franklin Graham. Veja alguns pontos da sua fala:

"É hipocrisia.  Estão zombando dos 3000 americanos , que foram mortos por militantes islâmicos em nome do Islã. Os Clerigos muçulmanos que condenaram o atentado vivem nos EUA, é claro que iriam condenar.. Se tivesse sido uma pessoa católica, gritando  "Ave Maria" voando contra o World Trade Center, o Papa teria ido na televisão naquela noite denunciando-o e condenando o atentado.. A falta de condenação do mundo islâmico, o seu silêncio, mostra seu apoio a este atentado.Nenhum lider muçulmano fora dos EUA criticou verdadeiramente  o atentado. O presidente Bush e o presidente Obama cometeram grandes erros quando eles disseram que o Islã é uma religião pacífica. Não é verdade. Não há nenhuma evidência de sua história. É uma religião do ódio. É uma religião de guerra ".

"...Isso é algo que está no cerne deste país. Os EUA têm sido tolerantes com pessoas de outras religiões, mas esta religião, o islamismo, atacou os Estados Unidos, e ele ataca e mata os cristãos e judeus. Esta religião, em todo o mundo, perseguem os inocentes. O que eles fazem com as mulheres por si só é horrível. Os assassinatos que ocorrem em nome da honra, a Sharia, onde um homem pode estuprar sua esposa quantas vezes ele quer porque é o seu direito de estuprá-la - este material é praticado no Islã, e que representa a mesquita que querem construir ..."

"Se você quiser ver o verdadeiro Islã  tudo que você tem a fazer é ir para a Arábia Saudita. As mulheres não podem dirigir carros. Elas não podem ter um passaporte a não ser que seu marido diz que elas podem ter um. Elas têm que manter-se velada. Elas não podem sair em público para mostrar sua cara. Elas não têm quaisquer direitos,servem para fazer seus maridos felizes sexualmente. Elas não têm quaisquer direitos. Elas são tratadas como gado.Jesus Cristo deu liberdade às mulheres, o Islã  escraviza as mulheres. ""

"Não foi o Islã que constriu os Estados Unidos, foi o povo da fé judaico-cristã que construiu .Demos liberdade de outras religiões para virem, e agora você tem outras religiões que vem querendo acabar com a América".

"Na Arábia Saudita - Cristãos e judeus viviam há centenas de anos antes do Islã, milhares de anos. Hoje não tem quase nenhum Cristão, nenhum Judeu,foram destruidos"

Pois é, Franklin Graham foi o único contrário à construção da mesquita. E vale a pena dizer que segundo uma pesquisa, a maioria dos Americanos também são contrários à essa construção.
 
Os muçulmanos exigem liberdade de religião, o direito de construirem mesquitas nos paises democráticos, como os EUA.Mas veja o que acontece nos países de maioria muçulmana:
 
Extremismo por trás de ataques a igrejas indonesias
 
Número recorde de ataques contra cristãos
 
Prisão de cristãos em massa no país (IRÃ)

.







COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Imagine no Religion

A Freedom From Religion Foundation (FFRF) uma associação de livres-pensadores, ateus, agnósticos e céticos espalhou  vários outdoors nos EUA com a mensagem: "Imagine nenhuma religião."

Pois bem, eu resolvi fazer uma montagem com  esses cartazes que essa organização fez. Eu acrescentei a frase: Vá para a coréia do Norte. Ou seja, já que esse grupo não quer nenhuma religião no País, então que eles vão para a Coréia do Norte, um país oficialmente ateu.

Será que eles gostariam de morar lá?


COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

sábado, 7 de agosto de 2010

A Cura pela Fé

Rifqa Bary,muçulmana convertida ao cristianismo, que disse ter fugido de sua casa em Ohio, porque temia que os pais a matariam por abandonar a sua fé, recusa-se a fazer quimioterapia para tratar seu câncer uterino.

Rifqa, 17, acredita que a oração a curou - o câncer está em remissão - e ela está agora em uma nova luta legal com seus pais, que estão tentando forçá-la a continuar com a quimioterapia, para o câncer não voltar.

Na  próxima semana, quando Rifqa completa 18 anos, a decisão caberá a ela.  Mas a questão continua sendo se a sua decisão é baseada em uma leitura exata das escrituras cristãs a respeito da fé e cura, ou se ela está embarcando em um caminho perigoso que irá prejudicar a sua vida.

 É semelhante ao caso de Timóteo e Rebecca Wyland no Oregon, cuja filha de sete meses de idade foi removida de sua casa por funcionários da Child Welfare,  para a menina   começar o tratamento para não perder a visão por uma doença que ela tem nos vasos sanguineos.  O pais dela, Wylands, pertencem a uma igreja que evita ajuda médica profissional em favor da cura pela fé.

 "É uma situação extremamente perigosa", diz Justin Peters, um pastor evangélico que lidera Justin Peters Ministérios . "Meu coração vai para essas pessoas."

Quando era  um adolescente, ele diz, ele queria desesperadamente ser curado, e ele participou de várias cruzadas de pregadores que prometeu que, se fosse fiel, ele poderia ser curado.

 Agora,aos 37 anos, Justin Peters ainda tem a condição debilitante, e ele usa o seu ministério para esclarecer os cristãos sobre os perigos do que é chamado Teologia palavra de Fé, também conhecido como o evangelho da prosperidade.

"Dois dos desejos humanos mais básicos," Peters diz, "é ser rico e ser curado."
 Peters monitora constantemente os ensinamentos dos ministros do evangelho da prosperidade como Benny Hinn, Kenneth Copland, Joel Osteen, Creflo Dollar, e outros que pregam a riqueza e a saúde como um sinal de fé.

"Algumas das coisas que eles pregam é certo. Mas é um pouco mais de heresia que é perigoso", diz ele.

 Ele diz que sabe da história Rifqa só de notícias, mas "Se ela for pressionada, eu acredito que ela iria admitir que uma das razões pelas quais ela não quer ir ao médico (a quimioterapia) é que ela não quer mostrar a falta de fé ".

 E esse é um dos maiores perigos, diz ele. Se você acredita que Deus pode curá-lo apenas se você tiver fé suficiente, o peso cai sobre você. Se você não está curado, então o quê? Quem você vai culpar?  Certamente  não vai culpar a Deus.  Então, em cima do sofrimento, há o peso  de pensar que sua fé é muito fraca.

 "Milhares de pessoas, ja foram devastadas por este movimento", diz Peters.

 Dr. Richard P. Sloan, professor na Columbia University Medical Center, concorda:

"Isso é o que acontece quando você começa a misturar a medicina e religião", diz ele.

 "Você levanta sérias preocupações éticas se fizer afirmações que ser religioso é bom para sua saúde. Você está fazendo exatamente o oposto da alegação de que as pessoas que não são religiosas não são boas pessoas e de alguma forma merecem estarem doentes."

A filosofia de cura cristã começa com Jesus.  Uma grande parte do seu ministério era de cura dos doentes envolvidos - os cegos viram, os coxos  andaram.  Cristo é retratado como o grande médico que ensinou aos seus apóstolos para curar bem.

 Mas, afinal, os cristãos acreditam, é obra de Deus.

"A cura é um ato de misericórdia imerecida de um Deus soberano", segundo o site AllAboutGod.com ."Jesus era muitas vezes não convencional , ressucitando o filho morto de uma viúva , por compaixão dela, não por causa de sua fé. A fé não é algo que precisamos evocar a fim de sermos curados."

 Mas a cura pela fé, de alguma forma, faz parte de praticamente todas as tradições religiosas, diz a Dr. Linda L. Brynes, professora associada do Departamento de Medicina da Família em Boston University School of Medicine e co-editora da "Religião e Cura na América .
"É a maneira das tradições religiosas responderem ao sofrimento e à aflição", Byrnes diz, explicando que ambos são parte da condição humana.

 Budistas, ela disse, acreditam que as pessoas sofrem porque tentam agarrar-se às coisas, e não aceitar a mudança.Mas os primeiros grupos monásticos adotaram as práticas médicas das culturas ao redor deles, por isso mesmo há a disparidade de tratamento médico entre os monges tibetanos em áreas remotas da Índia e os monges que vivem em Boston.

 No Islã, o profeta Maomé teria recomendado aos seus seguidores muitos  procedimentos médicos.  Byrnes diz que o mundo muçulmano  manteve vivas as tradições gregas da medicina e as traduziu para o árabe.

 Apesar de o cristianismo e o judaísmo serem intimamente ligadas por meio do Antigo Testamento, eles se separaram durante a idéia de "pecado original".  O judaísmo não acredita nele, Byrnes diz.  A doutrina cristã, no entanto, diz que Deus criou um mundo perfeito, no Jardim do Éden, livre da doença e aflição.

 Mas Adão e Eva desobedeceram a Deus e foram expulsos do jardim e da presença de Deus, e a partir desse ponto em diante o mundo ficou um lugar quebrado cheio de dor e sofrimento.

 Existem basicamente dois tipos de sofrimento: físico e psicológico. O físico pode ser tão grave como câncer inoperável, ou tão benigno como dores e dores menores.

 O psicológico pode ser algo como a depressão.

O curandeiro de fé e  a maioria dos teólogos da prosperidade, argumentam que ambos os tipos de doenças têm um componente espiritual.

 Essa é a base da tradição da Ciência Cristã, fundada por Mary Baker Eddy.
"Ela acreditava no aspecto  de cura de Jesus Cristo", afirma Paul Hannesson, com o Christian Science Comissão de Publicações de Estado de Nova York. "Jesus curou em leis espirituais ... e ela (Eddy) acreditava que essas leis podem ser demonstradas pelos apóstolos e também você e eu"

Profissionais Cientista Cristão e enfermeiros tratam as pessoas com a oração, mas eles também são treinados para fornecerem o cuidado de custódia física, tais como lavagem de feridas e curativos.Cientistas Cristãos acreditam em tecnologia moderna, e não banir os membros que procuram tratamento médico."Nós oramos para uma melhor compreensão de Deus e Sua perfeição", diz Hannesson.

 Ele chama o Wyland caso "trágico", dizendo: "Isso não é fé esclarecida. É a fé cega".

 Peters e Hannesson  acreditam que Deus pode curar o corpo sem a ajuda de um medicamento, e tem havido curas milagrosas de tumores cancerígenos e outras condições.A Igreja Católica baseia as suas candidaturas para a santidade em duas comprovadas curas milagrosas para que cientistas e médicos não puderam encontrar uma explicação médica.

 Mas a cura do espírito é outro mundo completamente, com a qual a ciência não pode competir.  Se o componente principal de todo sofrimento é espiritual, então a cura espiritual pode ocorrer mesmo se nunca um físico ocorre. Para Justin Peters, este é o verdadeiro poder de cura.

"Eu digo às pessoas em meus seminários que a maior cura de todas é a cura do pecado, e não de doença. Se eu tiver que viver minha vida com paralisia cerebral, que assim seja. Tenho a eternidade para viver sem ela."

Fonte:http://www.foxnews.com/us/2010/08/05/faith-healing/

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...