sexta-feira, 11 de março de 2011

Quaresma, tempo de reflexão.

 Os cristãos ao longo da história têm utilizado um programa sistemático para observar partes significativas da história do Evangelho. Cristãos primitivos adoravam juntos nas suas sinagogas e casas, e muito de suas práticas eram as mesmas, com a adição da Ceia do Senhor.

 
Escrituras eram lidas, as canções eram cantadas e orações eram feitas quando se reuniam. As celebrações do calendário judaico ainda estavam enraizados em sua cultura. Como a igreja cresceu, estas práticas comuns ganharam um novo significado. Páscoa era celebrada com um novo significado. Pentecostes foi retirado da festa judaica de "primícias".

 
Os líderes da Igreja nos primeiros séculos procuraram formas de assegurar que toda a história da revelação de Deus em Cristo foi comemorada. Assim foi como o "Ano da Igreja" ou "Calendário Litúrgico" foi formado. Isso continuou por séculos e sobreviveu à Reforma. Diferentes tradições adaptaram algumas dessas práticas com base em sua teologia específica e ideologia. Alguns rejeitaram muitas das idéias do calendário da igreja com base em uma necessidade de ter uma pausa mais completa durante a Reforma ou com base em um entendimento especial das Escrituras, como Gal. 4: 9-11, que parece desencorajar a observância de algumas temporadas antigas do ano.

 
Batistas em todo o mundo têm caído em ambos os campos. A maioria vai observar Advento, em preparação para o Natal. A maioria vai observar a Semana Santa, uma vez que culmina com a explosão da alegria da Páscoa! A observância da Quaresma não é tão comum.

 
Quaresma é o tempo de preparação para a Páscoa. Especificamente, são 40 dias que antecedem a Páscoa, excepto aos domingos. O número 40 tem um significado importante na historia bíblica . (40 dias passou Jesus em  jejum e tentação, 40 anos de Israel no deserto). É um momento de reflexão, de confissão e uma renovada consciência do que Cristo tem feito para redimir o mundo. Traz a história do evangelho para o seu momento mais sagrado - Ressurreição!

 
Práticas quaresmais incluem geralmente mais tempo em oração com foco na confissão, arrependimento e o perdão de Deus, e como vivemos isso em nosso cotidiano. Para muitos, o jejum e as formas de auto-negação são também observadas. O jejum pode nos lembrar de nossa real necessidade de Cristo como o "Pão da Vida".

 
Muitas congregações batistas celebram a Quaresma publicamente. A maioria passa o tempo em oração pedindo perdão e um novo encontro com Deus quando se aproxima a Páscoa. Vamos aproveitar as oportunidades que temos neste tempo de Quaresma para nos juntarmos com outros crentes em um momento de reflexão, confissão, arrependimento e um renovado senso de fome e sede de Deus para nos fornecer a substância de sua graça que nos capacita para servi-Lo mais plenamente


Baptist World Alliance (Aliança Batista Mundial)

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado pela participação no Blog. Jesus te abençoe.
Você pode comentar usando o Facebook no campo acima, ou comentar usando uma conta do Google aqui :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...