quinta-feira, 17 de maio de 2012

CRISTÃOS CHAATOS!!!!

Certa vez ouvi um pastor dizer que no islamismo existem os xiitas e no cristianismo os chaatos. Eu fiquei pensando: é verdade! Como é comum encontramos alguns cristãos chaatos. Talvez você não conheça nenhum, eu infelizmente conheço. Deixo claro que não cultivo amizade, mas conheço e também fico feliz porque Jesus não me mandou gostar deles, apenas amá-los. Isto nós devemos obedecer e amar inclusive os nossos inimigos, disse Jesus. Imagine apenas os chaatos! Não é mesmo?
Eu amo Jesus. O que me deixa maluco são alguns de seus seguidores. Muitos são neofariseus, de mentes limitadas e metidos a críticos, outros ortodoxos, fundamentalistas, alguns perigosos e nocivos à vida cristã.

Esta turma geralmente vem com este discurso: “Você está lendo a versão errada da Bíblia”. “O estilo de louvor de sua igreja é muito secular”. “O ensino sobre o Antigo Testamento é insuficiente”, “Por que não prega mais sermões expositivos?”. “Sua igreja deveria realizar mais trabalhos evangelísticos”. “Você é por demais evangelista, devia se preocupar mais com o discipulado”, “Evangélicos só devem assistir a filmes cristãos, que não são violentos”. (Adorei ver a cara dessas pessoas quando o filme A paixão de Cristo, de Mel Gibson, foi lançado.), “Quem ouve música do mundo vai para o inferno”. “Os Teletubbies são coisa do Diabo”. “Cristão de verdade não vai à Disney”. “Igreja não pode ter um bloco evangelístico no carnal” e “crente não pode ir numa festa junina”.
Não consigo imaginar Jesus escrevendo frases como essas no chão.
Se o que você leu até agora ainda não é suficiente para convencê-lo, ainda há mais: certos cristãos são muito esquisitos. É só dar uma olhada em alguns dos programas evangélicos exibidos na televisão. Alguns deles complicam muito o meu trabalho. Em tese, remo no mesmo barco, mas confesso que fico tentado a fazer piada das muitas bobagens que vejo.
Acredito em um cristianismo puro e simples, que é menos religião, julgamentos, dogmas e tradição; e mais vida, paz, amor, fé, espiritualidade, é mais Jesus em toda sua essência e plenitude; é mais Deus de amor; é mais Espírito Santo poder e consolo; é mais comunidade e fé.
Muitos cristãos são conhecidos pelo que são contrários, todavia, mais do que nunca, precisamos ser conhecidos pelo que somos a favor, e em essência somos a favor da vida e da vida plena, como viveu e ensinou Jesus. Ele disse: “Eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente.” – Evangelho S. João. 10:10. O que apresenta uma vida média, limitada e com consequências colaterais deve ser rejeitado e dispensando do nosso projeto de vida. Por ser a favor da vida, precisamos nos manifestar contrários a toda e qualquer ação, projetos de lei e filosofias que são contrários à vida como: aborto, eutanásia, casamento de pessoas do mesmo sexo, entorpecentes, liberação do uso de entorpecentes, pedofilia, infanticídio indígena etc. Juntos precisamos ir em direção à vida, à graça, à paz, o bem-estar social e protegendo em especial, a criança, o idoso e a família.
Dias atrás fiquei abismado com a defesa que o Sr. Edir Macedo fez apologeticamente em favor do abordo. É completamente antagônico você dizer que prega o evangelho e concordar com o aborto. Vi um vídeo que circula pela internet onde ele expõe seu posicionamento a favor do aborto, e a Rede Record de televisão, que pertence a ele também, diz que faz um serviço à sociedade, trazendo um comercial incentivando as mulheres a decidirem o que fazer do seu corpo.
Um feto não é um membro de uma gestante, é uma vida. Eu creio que a vida começa na concepção. Edir Macedo deixa claro em sua palestra que ele tem problema psicológico de revolta e mágoa contra a igreja católica. Sua mãe fez dezenas de abortos por ignorância e que os motivos sociais justificam o aborto. Se seguirmos a mesma linha de raciocínio, Maria poderia ter abortado Jesus. Ela era adolescente, não era casada com José, e toda a sociedade iria criticá-la caso José não assumisse a paternidade. Problemas sociais não podem justificar outros problemas sociais. A luz do evangelho de Jesus, o Sr. Edir Macedo está equivocado. Como cristãos precisamos prover a vida e o ser humano, a maior criação divina e nunca por quaisquer motivos que sejam promover a morte! Vamos viver uma vida menos religiosa, menos chaata e mais cheia da verdadeira fé cristã que pode salvar e mudar a vida das pessoas.
Pr. Carlito Paes 
Carlito Paes é pastor da Primeira Igreja Batista de São José dos Campos)

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado pela participação no Blog. Jesus te abençoe.
Você pode comentar usando o Facebook no campo acima, ou comentar usando uma conta do Google aqui :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...