quarta-feira, 4 de julho de 2012

Chris Simpson, ex- Supremacista Branco, se torna Cristão

RIVES Township, Michigan. Dois anos atrás, Chris Simpson liderou uma marcha do orgulho branco.
Seis meses atrás, ele abandonou o movimento de supremacia branca.
Em 15 de abril, ele foi batizado.
Cinco dias depois, Simpson,estava sentado na sala de espera de uma clínica, esperando para iniciar o longo e doloroso processo de ter suas tatuagens, a maioria repletos de símbolos nazistas ou orgulho branco , removidas.
 "O ódio irá cegá-lo para muitas coisas.  "Ele consome você."
Simpson, um lixeiro de 38 anos de idade e ex-fuzileiro naval, disse que desistiu do ódio. É uma decisão que ele tomou para a sua família, para sua esposa Misty e seus filhos,  Cody, de 9 anos,  Kayleigh, de 7 ,  Nikolaus,de 5 anos e os gêmeos de 2 anos de idade,  Tyrsson e Aeric .
 "Ódio puro", está tatuado em seus dedos. Nos seus antebraços tem escrito "sangue" e "honra". Há quatro machados de guerra formando uma suástica no ombro esquerdo com as palavras "White Power " sobre eles.
Existem vários ganchos, um símbolo nazista. Os relâmpagos  associados a Schutzstaffel da Alemanha nazista, a SS, estão acima de seu pulso direito. Há um pássaro de guerra nazista em seu peito. Existem tatuagens de uma Valquíria, um viking, e Thor com suásticas desenhadas em seu capacete. Existem 42 tatuagens, ele diz.
Simpson foi um membro do Batalhão 14, um grupo de orgulho branco com simpatizantes em Michigan. Seu envolvimento no movimento de orgulho branco começou em um momento de dor, frustração, raiva e confusão. Em 28 de abril de 2000, Chris e Misty Simpson perderam seu primeiro filho, Alexis Nicole.
Nascido com espinha bífida, um acúmulo de líquido no cérebro,  e sem intestino ou estômago, Alexis viveu apenas duas horas e meia.
Recentemente, casou-se e esta lutando para viver em Danville, Virgínia, a morte de Alexis deixou Simpson cambaleando.
"Eu estava sentindo muita raiva e ódio, e eu estava confuso", disse Simpson. "Eu só construi esse ódio, ou o que eu achava que era o ódio."
Simpson direcionou o ódio, com a ajuda de um grupo orgulho branco em sua comunidade, contra pessoas de outras raças. Ele acreditava que outras raças foram sucedendo à custa das pessoas brancas. Eles estavam dirigindo carros bons, vivendo em casas bonitas, agradáveis, ​​assistindo televisões, enquanto ele e Misty se esforçavam para viver.
 Durante uma viagem de compras ao Walmart, um de seus filhos olhou por um corredor, depois para Simpson e disse: "Papai, você não pode ir pelo corredor. Há um negro lá."
"Era hora de fazer uma mudança para eles", disse Simpson "Eu não quero que eles sigam esse caminho."
 
Em abril, Simpson estava na piscina batismal na New Horizons Community Church. Ele usava uma regata branca e calções brancos, tatuagens totalmente à mostra para a congregação.
Pastor Jerry Lyon colocou sua mão sobre Simpson.
"Deus, eu sei que há coisas de sua vida passada que precisam ser enterradas. E Deus, hoje nós apreciamos a oportunidade. Damos glória em que podemos ter oportunidade de enterrar  a vida velha e dizer-lhe: Deus, eu sou uma nova criação em Jesus Cristo, " Pastor Lyon orou.
 O batismo de Simpson aconteceu cerca de um mês depois que ele e sua família assistiram ao filme "corajoso", e decidiu participar da igreja. O filme, produzido pela Sherwood Baptist Church  em Albany, Geórgia,( a mesma igreja que produziu À Prova de Fogo e Desafiando Gigantes) segue as vidas de quatro policiais que se destacam em seus trabalhos, mas perdem-se na tarefa de serem pais.
 Simpson se identificou com o filme, ambos tinham seu desejo de ser um policial e sua infância sem pai. Seu pai e padrasto não fizeram parte de sua vida. Seu avô, o homem que era como um pai para ele, morreu de leucemia quando Simpson tinha 11 anos. Foi então que Simpson virou as costas para Deus.
Dentro de um mês, ele foi batizado. Ele participa de um estudo bíblico. Orações começaram nas refeições e no final do dia. Seus filhos, uma vez que se espelhavam no racismo de Simpson, agora se espelham no seu cristianismo.
  "Quando aceitamos Cristo, foi como se toda a casa fosse transformada", disse Simpson de sua família. "Eu só estou esperando que este passeio de montanha-russa continue a subir."
 Ele agora é um dos participantes do Freedom Ink Tattoo Removal program, um serviço gratuito oferecido pela Corporação de Desenvolvimento Hispânico de Detroit para ajudar as pessoas a removerem  tatuagens de gangue ou de prisão. James Phillips, o gerente de serviços, que executa o programa, convidou  Simpson para participar.
 A primeira tatuagem a começar a ser tirada foi o "H" de "HATE" (ódio) desenhado através das juntas da sua mão esquerda. Vinte e quatro segundos depois, o primeiro passo foi feito. A pele instantaneamente inchou .
Simpson disse que sentiu como se alguém derramasse ácido em sua pele. "Não importa se você é um fuzileiro naval, ali você vai quebrar", disse ele.
A decepção no rosto de Simpson era óbvio. Das 42 tatuagens que cobrem seu corpo, seu primeiro tratamento começou com 4.
 Simpson espera continuar com a remoção da tatuagem neste verão. Sua família ainda freqüenta a igreja , e sua esposa, apesar de um medo da água, foi recentemente batizada. Chris e Misty Simpson começaram um novo grupo que visa ajudar as pessoas. É chamado de RAC, Random Acts of Christ.
"Bem, isso é um começo. Este vai ser um processo longo", disse ele. "Mas você sabe o quê? Vai valer a pena no final.
 Aaron Aupperlee  (Religião News Service)

 

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado pela participação no Blog. Jesus te abençoe.
Você pode comentar usando o Facebook no campo acima, ou comentar usando uma conta do Google aqui :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...