terça-feira, 17 de julho de 2012

Quando o estudo da Bíblia se torna idolatria

Ao longo dos anos, eu encontrei algumas pessoas que estão entusiasmadas com o estudo da Bíblia, mas não tão entusiasmada com os companheiros do grupo, com o relacionamento. Essas pessoas têm uma alça grande sobre a Palavra, mas aquém de colocar as obras em prática. Eles não querem ser incomodados por voltar aos ensinamentos "elementares'. Eles são carnívoros bíblicos que procuram a carne.

Um tempo atrás, um membro da igreja reclamou que ele estava entediado com a natureza básica "buscadora", das questões em um guia de estudo. "Afinal", ele me disse, como Hebreus 5:13-14 diz: "Qualquer pessoa que se alimenta de leite, sendo ainda uma criança, não está familiarizado com o ensino sobre a justiça. Mas o alimento sólido é para os adultos, que pelo uso constante treinaram-se a distinguir o bem do mal "(NVI). Eu disse a ele que não é o que o verso estava falando.

O livro de Hebreus foi escrito para cristãos judeus que estavam pensando em abandonar o cristianismo e retornar ao Judaísmo. Os "ensinamentos elementares" e "Leite", refere-se a Antiga Aliança. O "alimento sólido" refere-se à Nova Aliança e vida em Cristo.
Ele me disse que gostou dessa discussão. Foi profundo. Oh irmão ...

A maioria dos estudiosos da Bíblia falam  que o ídolo é alguma coisa que damos mais importância , invés de damos importância a Deus. A idolatria surge quando começamos a estudar a Palavra de Deus ao invés de se voltar para Deus.  Talvez a questão correta é o nosso orgulho em relação ao nosso conhecimento da Bíblia. Devemos lembrar que "O conhecimento incha, mas o amor edifica" (1 Coríntios 8:1). Então, como você sabe quando o estudo da Bíblia tornou-se a idolatria para você?
 
1. Você está mais interessado no guia de estudo do que em seus companheiros de grupo.
 
Um pequeno grupo é uma comunidade construída em torno de um estudo bíblico. Se você está indo em um sentido ou outro,  escolha a comunidade mais do que o estudo da Bíblia. Mas, se você sempre negligenciar o estudo da Bíblia, então isso é um problema também.
Mas, se você se preocupa mais com a lição e menos sobre a vida em grupo, você só pode estar faltando o ponto. Claro, você pode memorizar Efésios 4:32, mas você está praticando? Se você sair da  reunião do grupo irritado porque alguém compartilhou as dificuldades que estava passando na vida,falou muito, e o grupo não conseguiu completar o estudo da Bíblia, você só pode estar elevando o estudo da Bíblia um pouco alto demais.
 
2. Você não pode tolerar perguntas "fáceis".
A maioria dos estudos bíblicos são projetados com uma pergunta inicial que qualquer um pode responder. Então, há questões de descoberta que são respondidas diretamente das passagens das Escrituras. Mais tarde, no estudo estão questões de interpretação e questões de aplicação. Se você está irritado por quebra-gelos e entediado com perguntas de descoberta, então você pode se concentrar nas coisas erradas. Se o que você tem a dizer sobre a Palavra de Deus é mais importante do que aquilo que a Palavra de Deus realmente diz, vocês fizeram um ídolo do estudo.

Estou espantado com o número de crentes "maduros"  que fazem ajustes sobre as questões que eles já sabem as respostas. Eles não têm paciência para ajudar os novos crentes a compreenderem a Escritura. Seu foco está na sua própria curiosidade intelectual. O estudo precisa atender a seus interesses. A minha pergunta é: Como essas pessoas maduras são realmente maduras?
 
3. Você acha que pedidos de oração e ouvir os problemas que alguém está passando na vida, desperdiça o precioso tempo de estudo da Bíblia.

Se você ama o estudo da Bíblia, mas você não pode suportar as pessoas, você está perdendo o ponto. Nosso conhecimento da Escritura deve aprofundar nosso amor a Deus e o nosso amor pelo outro. Se você prefere analisar verbos gregos do que persistir em oração por seus companheiros de grupo,isso é um problema.
Por favor, entenda, de modo algum estou incentivando qualquer grupo para jogar fora o seu estudo da Bíblia. Mas, se estudar a Bíblia não aumentar nossa compaixão pelos outros, algo está quebrado. Afinal, o conhecimento sem a graça nos leva ao legalismo.
 
4. Você pode recitar passagens que você nunca pretende obedecer.
 
Francis Chan faz esta pergunta: "Se eu disser aos meus filhos para limparem seus quartos, e eles só memorizarem as minhas palavras, isso seria o suficiente?" Todos nós devemos admitir que é muito mais fácil de conhecer a Palavra do que fazer o que a Palavra manda. No entanto, a Bíblia nos diz que a fé sem obras é morta.

Na igreja, passamos muito tempo substituindo o conhecimento da fé. Muitas vezes a nossa desculpa para não agir é que não sabemos o suficiente. "Eu não posso testemunhar ao meu vizinho. Eu não sei o suficiente". No entanto, sabemos sobre Jesus. Ele não é a resposta? Os nossos argumentos apologéticos não vão ganhar ninguém para o Reino de Deus. A salvação é pela graça mediante a fé (Efésios 2:8-9).

Se parassemos o nosso estudo da Bíblia, até que conseguissemos colocar o que aprendemos em prática, você acha que pegaríamos nossas Bíblias de novo? Agora, todos nós precisamos do encorajamento da Escritura. Mas, como Howard Hendricks disse: "A maioria dos cristãos já estão educados para além do seu nível de obediência."

 
5. Estudo da Bíblia tornou-se uma fuga da sua vida real.
 
Eu amo a Palavra de Deus. Eu poderia até amar a Palavra de Deus mais do que amo outras pessoas. Afinal, eu vou fazer o que a Palavra de Deus diz e não o que os outros me dizem para fazer. Mas, há uma linha que podemos atravessar quando se trata de amar a Palavra de Deus - Pode-se amar a Palavra de Deus mais do que nós realmente amamos a Deus? Podemos aprender os seus mandamentos,e ainda não obedecê-los? Podemos recitar nuances obscuros da Bíblia de memória, mas vamos usamos esse conhecimento para ajudar outras pessoas?
Sim, devemos voltar para a Palavra de Deus para o conforto. Mas, mais importante, devemos voltar para Deus. Devemos ter prazer em ajudar os outros a descobrirem a verdade da Palavra de Deus. Devemos ser desafiados pelo significado mais profundo das Escrituras - não secretos, significados ocultos - mas verdades aplicada e vividas em nossas vidas diárias. A Palavra de Deus é ativa, não passiva. Nossa adoração deve ser  para Deus ,e não para Sua Palavra.
 Allen White  
 Pastor, consultor, professor, escritor e palestrante. 

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado pela participação no Blog. Jesus te abençoe.
Você pode comentar usando o Facebook no campo acima, ou comentar usando uma conta do Google aqui :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...