domingo, 19 de agosto de 2012

Rumo ao caos:"Rumamos ao caos, ou se preferirem, somos habitantes de um "grãozinho" de areia na praia chamada universo, e aqui, da Terra, o princípio da incerteza nos rege, assim como um maestro faz com uma orquestra"

Como anda o trânsito nas grandes cidades? E a violência, o abuso de bebidas e drogas em qualquer cidade? E as finanças em geral? Casamento, saúde e educação pública?

Se a resposta para estas e outras infindáveis perguntas for: "Esta tudo um caos!", não se espante, isso é perfeitamente natural e esperado. Segundo reza as ciências naturais, em particular a física e a matemática, tudo no universo tende ao caos! E não o contrario, que o que seria o nosso desejo. Como seria bom se tudo tivesse uma organização, se controlássemos as leis naturais, se tudo fosse previsível. Que nada! Tendemos a nos desorganizar, ficamos sem padrões, somos regidos pela incerteza. 

E quanto mais complexo o mundo se torna, mais frágil e caótico fica. Se o mundo ficou global, basta um detalhe dar errado, seja na Europa, Estados Unidos, Brasil, China e até no Paraguai, e isso pode acabar com seu emprego, aumentar o preço do frango, atrasar a prestação do carro. Um detalhe, uma coisinha de nada, e o mundo pode falir, os computadores deixarem de funcionar, o dólar nada valer.

O que adianta PAC 1,2,3, consumir, se endividar, se o país não cresce, a Europa não compra, os Estados Unidos devem para todo mundo, os chineses têm poupança, mas são ainda mais pobres do que nós, tem que vender barato e ninguém consegue comprar!

Tá vendo: rumamos ao caos, ou se preferirem, somos habitantes de um "grãozinho" de areia na praia chamada universo, e aqui, da Terra, o princípio da incerteza nos rege, assim como um maestro faz com uma orquestra. 

Se nem sabemos cuidar do nosso instrumento (nosso corpo), se não conseguimos nem sequer afiná-lo (ter paz de espírito), aprender a pauta musical (entender e saber viver), buscar harmonia (conviver com os outros e diferentes instrumentos) e ter a humildade de partilhar nossos talentos em prol do todo, realmente talvez não sejamos mais que um "game"de alguma inteligência superior intangível, universal.

Quanta incompetência! O caos (na matemática), a incerteza (princípio da física quântica), são o nosso ambiente, a nossa vida, nossa origem, nosso destino. 

Ou a economia cresce e adeus meio-ambiente, ou preserva a natureza e vamos deixar de ser tão consumistas, globais, poluidores, fúteis. Pois nesse embate, a natureza sempre ganha! Vem Egito, Grécia, Roma, Europa, Estados Unidos, Bric, quem quiser. Auges e decadências se sucedem e tudo vira um caos! Quando ele chegar ao fim, quem sabe surja um novo modelo, um novo tempo, não é mesmo? 

Fica a dica: toda civilização terminou quando a riqueza de poucos conviveu com pobreza da maioria, quando a bebida e drogas se disseminaram, a sexualidade se tornou promíscua, a individualidade superou o espírito coletivo e líderes se corromperam no caos, que é a mente e a alma humana. Como viram, sou otimista, mas só depois que o caos vier!

Eduardo Aquino (Jornal Super)

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado pela participação no Blog. Jesus te abençoe.
Você pode comentar usando o Facebook no campo acima, ou comentar usando uma conta do Google aqui :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...