segunda-feira, 11 de julho de 2016

5 Mentiras que eu costumava acreditar sobre como ser um cristão




Como eu cresci na igreja, eu pensava  que sabia sobre tudo como  ser um cristão.
Isso tudo mudou para mim um dia, quando eu visitei uma igreja que era muito diferente do que a igreja certinha onde  eu cresci. Era um lugar onde as pessoas se vestiam e agiam no domingo da mesma forma que eles se vestiam e agiam no resto da semana. Era um lugar onde estava livre  para ser honesto e aberto sobre dúvidas e lutas. Havia até mesmo uma atmosfera de emoção e festa que foi expressa durante o culto.

Tudo isso era muito novo para mim. Havia tanto  contraste neste grupo de crentes que eu comecei  a questionar muito do que eu acreditava sobre ser um cristão. O que eu descobri é que algumas das minhas “crenças cristãs” estavam  na verdade equivocadas e mais inspiradas pela religião mundana do que  pela Palavra de Deus.

É óbvio que os não-cristãos têm alguns equívocos sobre o cristianismo, mas muitas vezes aqueles que cresceram na igreja, tem  também. Aqui  estão  apenas algumas das mentiras que eu costumava acreditava sobre ser um cristão:

1. Seu comportamento afeta o Amor de Deus para você.

Com todas as regras que estabelecemos para nós mesmos, é fácil pensar  que segui-las é a maneira de obter a aprovação e amor de Deus. Mas a verdade é que você não tem que tentar usar seu comportamento para ganhar o amor de Deus. Ele te ama, apesar de seu comportamento.
Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores (Romanos 5: 8). O amor de Deus por você não é baseado no que você faz ou não faz, ele é baseado no Seu Filho Jesus.

2. A igreja é um evento semanal e apenas um edifício.

Viver no Cinturão da Bíblia (Estados mais religiosos dos EUA) , ir à igreja às vezes pode ser visto apenas como algo que todo mundo faz. Adorar a Deus é muitas vezes compartimentada e seccionada do resto da nossa semana. Há essa ideia de que todos os domingos você tem que vestir-se e polir sua aparência externa e comportamento.
Mas Deus está interessado em seu coração, não a sua roupa Ele olha para o interno do homem, e não o externo (1 Samuel 16: 7)..

Igreja também é frequentemente vista como construção e não um corpo. Na realidade, devemos ver a Igreja como um corpo que só está  a se  reunir em um edifício. A Bíblia fala sobre a Igreja como uma coisa respirando vida e, não apenas uma reunião que acontece a cada semana com alguns cantando e pregando (Efésios 2: 19-22). Não fomos feitos para amar um evento, nós fomos feitos para amar as pessoas.

3. Você não deve expressar suas lutas ou as dúvidas.

Às vezes, a vida cristã é difícil. Às vezes, não há respostas fáceis ou explicações. Em vez de suprimir as nossas dúvidas e lutas, devemos admiti-las a Deus e pedir a outros para nos ajudar a passar por elas.
Davi era um homem segundo o coração de Deus, e muitas vezes ele expressou abertamente suas dúvidas e lutas durante tempos de dificuldades. Ser honesto e aberto sobre suas lutas não o torna menos espiritual,  na verdade o chama para mais perto de Deus, porque obriga você  a livrar-se de seu orgulho e auto-suficiência.

Você não ira superar as dificuldades da vida, ignorando a luta; você ira superá-las convidando Deus para trabalhar nessas áreas (Salmo 43: 5). Você pode enganar a todos seus amigos e seus familiares, mas a Deus não.

4. Liderança da Igreja é apenas para o Super-Espiritual.

Às vezes, aqueles de nós sentados em bancos de igreja a cada semana pode começar a pensar em nossos pastores e anciãos como espiritualmente superiores, “melhores cristãos” e quase infalíveis. Esta é parte da razão por que ficamos tão surpresos e quebrados quando os líderes da igreja caem, esquecemos de que eles são seres humanos pecadores, e tem a  necessidade de graça e de prestação de contas, como o resto de nós.

A verdade é que o seu pastor, líder de adoração, líder do grupo pequeno ou quem mais pode ter mais formação e / ou ter andado com Jesus mais tempo do que você tem, mas eles ainda são pessoas. Eles lutam. Eles precisam de amigos que falem sobre coisas que não se relacionam diretamente à igreja.
Deus usa os fracos para a Sua glória. E Ele pode usar você. Você não tem que trabalhar para ser uma espécie de super-homem espiritual, a fim de servi-Lo.

5. A Bíblia é principalmente sobre regras.

Muitas vezes fazemos a Bíblia ser um livro de regras. Mas quando nós a vemos dessa forma, vamos perder o interesse rapidamente porque não há nenhuma conexão estabelecida.
A Bíblia não é sobre as regras; trata-se de Jesus. Ela foi projetada para ser usada no contexto do relacionamento. O objetivo em ler a Palavra não deve ser o de chegar a um determinado capítulo, mas ao encontro de Jesus ao longo do caminho.

Eu desafio você a perguntar a si mesmo se você acredita em qualquer uma dessas ideias. Você não está sozinho se você fizer. A boa notícia é que há esperança, porque existe uma verdade. E a verdade tem o poder de libertá-lo (João 8:32) .
Tyler Speegle

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado pela participação no Blog. Jesus te abençoe.
Você pode comentar usando o Facebook no campo acima, ou comentar usando uma conta do Google aqui :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...