segunda-feira, 19 de março de 2018

15h17: Trem para Paris. A fé dos Heróis.




Em 21 de agosto de 2015, um trem de alta velocidade saiu de Bruxelas para Paris. Entre os mais de 500 passageiros, havia um homem marroquino de 25 anos chamado Ayoub El Khazzani.

Logo após o trem entrar na França, ele saiu do banheiro armado com um rifle de assalto e 270 munições, com a intenção de perpetrar outro massacre terrorista.
Depois de jogar um passageiro no chão e atirar em outro, ele entrou em um compartimento onde estavam  três amigos: Spencer Stone, Anthony Sadler e Alek Skarlatos.

Você provavelmente sabe o que aconteceu depois: Skarlatos gritou: "Pegue-o", e os três amigos cobriram o homem armado e subjugaram-no. No processo, Stone, que era médico da Força Aérea, foi esfaqueado várias vezes. Mas, apesar de seus ferimentos, ele tratou o passageiro que foi baleado, colocando os dedos na ferida do homem e pressionando uma artéria, o que impediu o sangramento.

Agora você pode se lembrar de ouvir sobre esta história. Mas o que você pode não saber é o papel que a fé cristã desempenhou nela. Graças ao novo filme de Clint Eastwood, "15h17 - Trem Para Paris", essa parte da história receberá a atenção que merece.

O filme mostra a frase  "Em face do medo, as pessoas comuns podem fazer o extraordinário". O público, é claro, já sabe o  que é  o "extraordinário", então Eastwood se propõe a dizer corajosamente "como" e "por que? "Stone, Skarlatos e Sadler fizeram o que fizeram. Em suas palavras, sua história "é tudo sobre fé e como você lida com isso".
Sua primeira jogada, e talvez mais corajosa, foi lançar o trio de heróis como eles mesmos no filme.

A segunda jogada audaz de Eastwood foi contar sua história antes do que aconteceu em 15 de agosto de 2015 e o que levou a sua decisão naquele dia a combater o terrorista, quando outros estavam fugindo.

Dar forma à sua história e fé, começando com o dia em que se conheceram na Freedom Christian School em Fair Oaks, Califórnia. O que os homens aprenderam na igreja, incluindo o que Sadler aprendeu com os sermões de seu próprio pai, é retratado como tendo influenciado diretamente suas decisões nesse fatídico dia de agosto.
Além do mais, sua crença de que não era um acidente, um acaso, que  eles estivessem no trem, mas estava em cumprimento aos propósitos de Deus, é expresso no filme em palavras e ações. Como disse Skarlatos, "foi como se estivéssemos treinando todas as nossas vidas por esse momento e não soubéssemos".

Parte do treinamento foram os jogos que eles jogaram como crianças: brinquedos "politicamente incorretos" que derrubaram pallets de plástico e quebravam coisas de barro, nas palavras do irmão de Skarlatos, em uma zona de guerra ".

Para Stone e Skarlatos, a guerra deixou de ser um jogo quando se juntaram à Força Aérea e à Guarda Nacional do Oregon, respectivamente. O que eles aprenderam nas forças armadas preparou-os para a tarefa muito especial que Deus os esperava.

E sobre isso que fala o filme  "15h17 - Trem Para Paris": três cristãos cuja fé lhes permitiram ver isso, emprestar do livro de Ester, eles foram colocados nesse trem "por um tempo como este". Nas palavras de Stone, eles "possuíam a vida que tinham sido dadas por Deus".

Em suma, este não é o tipo de mensagem típica de um grande lançamento de estúdio de Hollywood. Mas eu, por um lado, estou grato por isso, e ao estúdio Warner Brothers  e o diretor Clint Eastwood, por não enterrar o detalhe explica o que aconteceu no trem 15:17 para Paris.
É claro que uma maneira de agradecer e encorajar futuros filmes como esse  é comprar um bilhete e ir vê-lo no cinema.

J.Stonestreet  (CHL)

Trailler Oficial :




COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS:

Gostou? Compartilhe com seus amigos. E para receber as atualizações do Blog, com textos como esse, cadastre gratuitamente agora seu Email. Sempre que novos textos forem publicados você receberá em seu Email um aviso. Muito obrigado pelo apoio.

Delivered by FeedBurner

---------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Obrigado pela participação no Blog. Jesus te abençoe.
Você pode comentar usando o Facebook no campo acima, ou comentar usando uma conta do Google aqui :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...